Início / BLOG DA MARATONA
Homenagem ao Dia Internacional da Mulher
Por Equipe Maratona do Rio 08/03/2017

 

Na luta contra o câncer, a paulistana Ivonete Silveira escolheu viver

_LJ_9853 _LJ_9792 _LJ_9699
​Crédito: Edson Lopes Junior / Divas que Correm

Guerreiras e poderosas, as mulheres estão cada vez mais conquistando o seu espaço e mostrando que não há limites para o poder feminino. E na corrida não é diferente. Os benefícios são inúmeros e a presença feminina nos treinos e nas provas de rua não para de crescer. O número de inscritas na Maratona CAIXA da Cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, reforça como a participação “delas” aumentou notavelmente nos últimos anos. Em 2013 o público feminino era de 38,5% na meia maratona, enquanto em 2014 elas representavam 45%. Em 2016, elas foram mais da metade – 53%. Na Family Run, prova de 6km, as corredoras representaram 70% dos inscritos. Na prova de 42km, 30% são mulheres.

A Maratona CAIXA da Cidade do Rio de Janeiro é testemunha do poder transformador que a corrida tem. São milhares de histórias na corrida mais bonita do Brasil. Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, a Maratona do Rio escolheu compartilhar a história de uma dessas mulheres. Há dez anos, Ivonete Silveira foi diagnosticada com um câncer no fígado, e, desde então, trava uma batalha diária. A paulistana encontrou força através da corrida e dos amigos de pista.

Uma escolha de vida: a bela história da diva Ivonete

O vento no rosto. A sensação de liberdade. De sentir-se viva… Para a paulistana Ivonete, de 50 anos, a corrida de rua, que pratica há quatro anos, sempre trouxe sensações maravilhosas. Há mais de dez anos, a manicure e depiladora de Diadema foi diagnosticada com um câncer no fígado, e, desde então, luta contra a doença. São inúmeras as dificuldades e provas de superação, entre cirurgias e sessões de quimio e radioterapia para combater o avanço da doença. Mas é mesmo na pista que ela encontra o seu maior remédio. O seu momento de catarse.

“Quando descobri a doença não praticava esporte. Eu comecei a correr por causa do meu marido e porque resolvi enfrentar o câncer de cabeça erguida. Fico um pouco apreensiva com tudo isso, mas quando chego na pista tenho o meu momento. Corrida é autoestima. Traz essa sensação de que estou bem. De que estou viva”.

Em junho, na orla da Cidade Maravilhosa, Ivonete enfrentará mais um grande desafio: participará de sua primeira maratona. O frio na barriga é confessado, claro, mas a recompensa pela superação de mais esse desafio fala mais alto. Sem dúvida, participar da Maratona do Rio terá um significado ainda mais especial.

“Já participei de muitas corridas. Inclusive a própria Meia Maratona da Cidade do Rio, mas a edição deste ano da Maratona do Rio será, sem dúvida, especial para mim. Estou muito feliz mesmo por poder participar. Será a minha primeira prova de 42km”.

Como que num espetáculo solo, Ivonete gosta de curtir cada momento por que passa na pista, ou melhor, no palco de sua aventura particular. Experimenta cada detalhe que seus sentidos possam captar. Por isso, com inabalável humor, conta que gosta de correr no seu tempo.

“Os amigos da corrida são muito especiais pra mim. É uma relação muito linda. São meus companheiros de verdade e estão comigo em qualquer situação. Eles são minha base, minha força para continuar firme nessa luta tão difícil pela vida”.

Guerreira. Obstinada. Companheira. Muitos são os adjetivos usados por amigos e familiares para descrevê-la, mas foi mesmo um carinhoso “Fofolete” o apelido que a tornou conhecida entre os corredores. Mãe de Alexandre (29) e Bruna (22), Ivonete participa do time Amigos da Onça, no qual seu marido, Paulo Sérgio, é instrutor, e também é uma das Divas que Correm, grupo de incentivo montado na web e formado por mulheres de todo o país.

“Meu desejo é mostrar pra todos que um paciente com câncer pode viver uma vida boa, dentro dos seus limites da doença. Enfrento uma luta todos os dias mas acredito que quando você quer algo, você pode buscar. Escolhi não ser uma vítima. Na corrida eu encontro força pra enfrentar todos os obstáculos”.

*Essa linda história de inspiração chegou até nós através do primeiro clube de corrida feminino na web do Brasil, o Divas que Correm.
A Maratona CAIXA da Cidade do Rio de Janeiro agradece!

Confira outras imagens de Ivonete Silveira na corrida

_LJ_9813 WhatsApp Image 2017-03-06 at 09.46.18 WhatsApp Image 2017-03-06 at 09.46.21 (1)  WhatsApp Image 2017-03-06 at 09.46.22 (1) WhatsApp Image 2017-03-06 at 09.50.07 WhatsApp Image 2017-03-07 at 15.21.47

Fotos 1 : Ensaio Divas que Correm para Campanha Outubro Rosa – créd: Edson Lopes Junior / Divas que Correm
Fotos 2, 3, 4 e 5 – Ivonete ao lado dos amigos de corrida da equipe “Amigos da Onça”
Foto 6 – Ivonete com os filhos Bruna, o marido Paulo e o filho Alexandre

HISTÓRIAS EM DESTAQUE

  • 3 Marcos Guimarães de Souza Cunha - O melhor ângulo do Rio, a vista proporcionada pela maratona do Rio, eu na Maratona e minha esposa na Family Run. Encontrar a […]
  • historia_photo_Eu-fui-42-KM.png Francisco José Gonçalves Pereira -   Meu nome é Francisco Pereira, nasci em São Gonçalo/RJ, tenho 68 anos e 6 meses e moro no Lins de Vasconcelos. No […]
  • historia_photo_19248142_1467623226629188_1491970932852930651_n.jpg Maria Excelsa Seixas -   Quero contar da experiencia que vivi em 2017, quando EU ATLETA acompanhou a minha história no cenário das corridas e isso me […]

PARTICIPE

Ainda restam inscrições para a Family Run, a corrida de 6K da Maratona do Rio. Garanta sua vaga!

VIVA HISTÓRIAS PRA CONTAR

Clique abaixo e compartilhe o seu amor pela corrida e pela Maratona do Rio. Conte sua história pra gente.